Atendimento via whatsapp

PIELOPLASTIA CONVENCIONAL

 

Objetivo?

A Pieloplastia é uma cirurgia desobstrutiva da via urinária superior, na comunicação entre o rim e o ureter, com o intuito de reestabelecer a drenagem de urina, já que envolve a excisão do segmento estreitado.

Indicação

Para pacientes que apresentam sintomas decorrentes da obstrução da junção ureteropiélica, tais como dor recorrente no flanco, náusea e vômito, além de infecções do trato urinário recorrente, cálculos renais e deterioração da função renal.

Aintibiótico, Posicionamento do Paciente, Tipo de Anestesia e Técnica Cirúrgica

A antibioticoterapia é muito importante e deve ser administrada, idealmente, 30 minutos antes da indução anestésica, geralmente uma cefalosporina de primeira geração e mantida por 24 horas, quando é retirada a sonda vesical. O paciente fica posicionado em decúbito lateral, com o lado a ser operado para cima. A anestesia é geral, associada, na maioria das vezes, a uma peridural. Inicialmente, coloca-se uma sonda na bexiga. Depois, realiza-se a ressecção do segmento estreito e executa uma nova comunicação entre a pelve renal e o ureter com diâmetro moldado por um cateter interno (duplo J) e apropriado para excelente drenagem de urina.

Recuperação

Recomenda-se a retirada da sonda vesical na manhã seguinte. Na maioria das vezes o paciente recebe alta com 24 a 48horas, sem sonda vesical.

 

Marque Sua Consulta

Agende sua consulta com Dr. Fábio Quintiliano. O agendamento da consulta é um serviço gratuito, fácil, rápido e seguro.

Marque sua Consulta